Dicas para se tornar um gênio #4

Volta às aulas! Em meados de fevereiro, a maioria das escolas e faculdades já iniciaram sua rotina educacional. E depois dessas longas férias, nosso cérebro fica um tanto quanto inerte, preguiçoso, não mais acostumado com uma rotina mentalmente agitada de matérias,leituras, compromissos e as tão adoradas provas e avaliações.

Diante desse cenário, a minha dica é dedicada a todos os estudantes e seus livros e cadernos novinhos em folha!

Dica para se tornar um gênio #4: Foque sua atenção no que você entendeu!

Já reparou que prestamos muita atenção no que não entendemos? No que erramos? Na parte difícil da matéria? O resultado disso é uma sensação de angústia desagradável, acompanhada muitas vezes de pensamentos depreciativos tais como “sou um burro mesmo” ou “nunca vou entender isso”.

Nesse cenário, estudar acaba se tornando um martírio, uma forma de provar a si mesmo uma constante incompetência.

O problema principal está no ato de focar apenas no que não entendemos.

Mude isso.

Durante uma semana faça o teste: comece a prestar atenção no que você entendeu e na sensação gostosa que surge quando conseguimos compreender um conceito, acertar um exercício, ter um grande insigth sobre uma matéria.

Quando terminar de estudar, relembre os pontos que você teve uma boa compreensão, o que ficou da matéria, sem dar tanta ênfase no que você não entendeu.

Veja: não dar muita ênfase não significa ignorar! Lembre-se das primeiras dicas: pergunte! Diante de uma dúvida importante, esclareça-a com alguém.

O objetivo aqui é treinar a nossa mente a reconhecer e valorizar a parte boa do estudo, o que anda raro hoje em dia. Muitos alunos e professores não possuem o hábito de reforçar a compreensão.

Faça isso por você e avalie como você se sente.

Você pode se surpreender! 😉

Anúncios

4 comentários sobre “Dicas para se tornar um gênio #4

  1. É natural do ser humano ser mais sensível a perdas do que a ganhos. Não seria uma herança da busca pela sobrevivência nas eras pré-históricas? Um vacilo poderia custar a vida…
    A outra faixa sempre está andando muito mais!!! rs Já quando é a nossa que anda mais, nem percebemos! Afinal, é assim que esperamos que seja…
    A sugestão é ótima para mudar este comportamento que já vem na nossa BIOS.

    • No congresso de Psicologia Cognitiva que assisti, o professor Seligman trouxe uma reflexão interessante. É sabido, como você mesmo colocou, que nosso cérebro está programado para identificar e lembrar os perigos e riscos à nossa sobrevivência, até para você ficar atento e continuar vivo. Mas essa é parte da história. Alguns pesquisadores vem mostrando que grande parte da nossa complexidade cerebral está exatamente voltada para as relações sociais, e aqui eu faço um link com a tal da Inteligência Emocional. E a construção de vínculos afetivos e efetivos (relacionamentos não apenas amorosos, mas de toda espécie) traz tantos benefícios psicológicos e fisiológicos que talvez seja um dos principais fatores para longevidade, outro fator biologicamente regrado na nossa espécie. OU seja, também há uma rede de percepção de pontos positivos, mas eu diria que ela está sedentária na nossa sociedade.

  2. Livio disse:

    Eu tenho notado isto, de forma saliente e recorrente, por toda a parte.
    Nós temos a capacidade imensa de nos fixar diante do ruim.
    O Bom, passa quase desapercebido.
    Perdemos o costume, de celebrar a colheita, com o início da civilização urbana.
    Para quê comemorar o carrinho cheio do supermercado ? (o equivalente a uma colheita farta)
    Para quê celebrar a refeição com sua família ou namorido ?
    Banalizamos não só o mau, mas também o bom.

    A boa notícia ? Ainda temos tempo para celebrar isso

    A melhor ? Hoje é sexta feira!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s