Ahh… os adolescentes…

 

calvin_calca.jpg

 

O que eu mais vejo nas escolas e universidades são jovens desmotivados para estudar, odiando a escola, sem energia.

Ao mesmo tempo, caindo sem parar diante de algum erro básico, que muitas vezes não conseguem perceber.

Alguns dizem que essa é uma característica típica dessa fase e não há muito o que se fazer.

Será?

Teria como mexer nesse cenário e torná-lo mais atrativo? Como fazer das escolas e dos seus adolescentes atores mais pró-ativos? Pró-atitude, e não pró-revolta, desânimo e cobrança?

Anúncios

4 comentários sobre “Ahh… os adolescentes…

  1. Anarcoplayba disse:

    Parte do problema é que se espera das crianças que se sintam estimuladas para estudar e se dedicar a algo que não tem relação nenhuma com a vida delas e não oferece qualquer espécie de recompensa.

    O que uma criança ganha estudando gramática? Matemática?

    O necessário é criar o link entre o sujeito e o objeto, gerar uma relação de identidade ou utilidade do objeto de estudo para o estudioso…

    E nessas horas, eu questiono: os pais que criticam os filhos por “falta de motivação” muitas vezes são os mesmos que trabalham “por causa do salário”…

    • Anarco, você levantou um ponto importante.. Tem como um professor motivar seu aluno, se ele mesmo está desmotivado?

      Se nem o professor vê muito sentido no seu trabalho, e usa o discurso do vestibular como único motivo que deveria levar o aluno a estudar, fica difícil querer mudar o status quo atual.

  2. Oi Nina..
    desabafo de uma mãe. rsrsr

    Algumas coisas são faceis de ver (rs):

    Meu Desu… Muito contéudo! Depósito de informações.. É isso que esperamos dos nossos jovens? Será isso necessário, num período onde o próprio cérebro ainda em formação poderia estar se apropriando e desenvolvendo outras habilidades fundamentais para a vida adulta, tais como a comunicação a interpretação a lógica, ao questionamento de valores morais e sociais?

    O aluno de hoje ainda é colocado e mantem-se num papel definido de ouvir e reter! Não é chamado a compartilhar, experimentar e agregar. Chame um aluno pra fazer uma pesquiza com informações significativas para eles, de forma instigante e não fica um de fora..
    Fale sobre como o cérebro funciona, como ele seleciona informações que eles vão ficar vidrados, agora fale zona pelúcida é uma parte do óvulo que eles vão sentir sono..

    O fantasma do vestibular nasce com os bebês.. Eles estão sendo preparados para o vestibular já na maternidade.. Nota de apgar, de pegada de mamadas, de controle dos esfincters, de palavras dia e por aí vai.. Aprender passa a ser secundário, reter o maior número de informações é o principal.. Haja motivação.. passar uma infância e uma adolescencia sendo preparado para ser profissional em sabe-se lá o que. Antes um inglezinho básico era suficiente , hj 2 idiomas fluentes, 3 esportes, musica e algo mais.

    Por outro lado… Jovens superprotegidos, q não querem fazer força pra nada, para quem os pais estão sempre disponíveis e a internet tbm! Tornam-se preguiçosos, sentem-se injustiçados ao ter q se esforçar.. sentem não conhecem metas, estratégias, nem superação e gratificação.. a não ser nos vídeo games. quem faz isso é CDF e é mal visto.. quem é diferente demais – buling nele. quem é igual demais é sem graça… pensa bem.. que problema é ir para a escola

  3. Perfeito Gabriela… Tanto o seu comentário quanto o do Anarcoplayba me levam a crer que precisamos de uma reforma na política e na FILOSOFIA educacional das nossas escolas. É preciso rever o papel das instituições escolares, afinal, treinamento de habilidades essenciais para a vida está passando longe dos colégios ultimamente.

    Estamos acompanhando um avanço tecnológico e a facilitação à informação, mas estamos ficando cada vez mais burros! rsrsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s