Harmonia da célula 4a) Amigos

 

Cuidado.

Essa é uma célula geralmente negligenciada. Sempre fica para depois.

Se você começou um novo relacionamento então, os amigos (principalmente os solteiros) ficam em último plano.

Cuidado….

Não é porque ele é seu amigo que ele vai entender. Que não precisa de um carinho especial. De um telefonema no final do dia. De um e-mail personalizado, e não aquelas correntes chatas que você manda para toda sua caixa de endereços.

O que seria de nós sem nossos amigos? Sem nossos espelhos?

Quanto da nossa personalidade não foi (e é) formada pela influência deles? Conversas jogadas fora, exemplos a serem seguidos, conselhos sábios em momentos em que você está mais vulnerável…

Muitas pessoas reclamam que não tem muitos amigos. Ou que suas amizades não são “profundas”. Mas, o quanto essas pessoas estão realmente abertas, receptivas para as pessoas à sua volta?

Você espera o tempo todo ser convidado, ou você toma a iniciativa e convida?

Você espera o tempo todo receber um telefonema, ou você tem atitude e dá esse telefonema?

Você fica triste em não receber mensagens no seu telefone, mas quantas você mandou nos últimos 5 dias?

Você conta entusiasmado como foi o seu dia, mas você lembra de perguntar como foi o dia do outro? Não por obrigação, mas com uma curiosidade genuína nos olhos?

Quanto mais a gente doa, mais a gente recebe. Isso é válido para todas as células, mas na amizade ganha um toque ainda especial.

Seu amigo merece o que há de melhor em você.

Então, o que você pode fazer HOJE para enriquecer ainda mais essa célula?

Ao menos eu decidi escrever e-mails para alguns amigos que eu andei negligenciando, sempre com a desculpa que trabalho demais. Estou errada.

E você?

 

 

Anúncios

4 comentários sobre “Harmonia da célula 4a) Amigos

  1. vivian disse:

    Nossa, era a bronca que eu precisava…! mal ligo pras pessoas porque “não quero incomodar”, mas estou incomodando a mim mesma quando fico sozinha de fim de semana…

    • Rsrsrs… já pensou que de repente o outro pode pensar que ele não é importante para você? E que ele adora quando você “incomoda”? Se alguém é nosso amigo, parte-se do pressusposto que ele gosta da gente. 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s